Seguidores

quarta-feira, 15 de maio de 2013

NEVE NO DESERTO DO SAARA

 Situações inusitadas em termos de clima têm ocorrido ultimamente no planeta. Uma delas se refere a tempestade de neve em pleno deserto na Arábia Saudita e mais incrível ainda, a neve também caiu no deserto do Saara, no oeste da Argélia e não foi a primeira vez que isso ocorreu nos últimos anos.
No Deserto do Saara, a neve caiu na terça-feira , dia 17 de janeiro. Uma mudança na temperatura trouxe uma frente fria que durou 24 horas com o vento soprando e a neve caiu em estradas e edifícios na província de Bechar, no oeste da Argélia, que se localizada no norte do Saara, a cerca de 36 km ao sul da fronteira marroquina.
Já na Arábia Saudita o fato ocorreu no dia 24 janeiro, quando uma tempestade de neve sem precedente para esta época do ano caiu na zona montanhosa de Assyr, Sul da Arábia Saudita, bloqueando as estradas e deixando 75 feridos. O jornal Al-Madina informou que a polícia, a defesa civil e os serviços médicos de emergência socorreram milhares de pessoas que visitavam o parque nacional de Assyr, o mais alto do reino, com 2.910 metros de altura. Uma tempestade de neve é algo inédito na Arábia Saudita nesta época do ano, onde os termômetros costumam indicar até 50 graus positivos.
Tempestades de neve em pleno deserto e em países com temperaturas elevadas são difíceis de acontecer. Pesquisando, constatamos que nevou apenas uma única vez no deserto do Saara (agora são duas vezes, com a tempestade de janeiro deste ano) em 18 de fevereiro de 1979. Existem poucos relatos científicos sobre o fato, mas é provável que a nevasca tenha acontecido durante a noite, quando a temperatura no deserto pode cair abaixo de zero grau. Se a neve é um fenômeno raro em desertos quentes, não é tão difícil de acontecer nos desertos frios. Um exemplo é o deserto de Atacama, no Chile, que tem uma camada de neve que nunca chega a derreter em suas partes mais altas.
Já ocorreram nevascas na Arábia Saudita e a primeira  delas depois de 40 anos aconteceu no dia 13 de janeiro de 2002.  O fenômeno deveu-se a uma frente fria que está a atravessar a Arábia Saudita, conhecida pelos recursos petrolíferos e pelas extensas áreas de deserto. A neve caiu numa extensão de 70 quilômetros quadrados a oeste da cidade de Ara.
A agência Reuters de notícias também informou sobre a ocorrência de neve em Bagdá em 13 de janeiro de 2011. Os flocos de neve que caíram profusamente sobre as ruas de Bagda, normalmente torradas a 40 graus, se derreteram logo depois de cair sobre o asfalto. Ainda assim, deu tempo para que nos parques da cidade as pessoas jogassem com a neve, algo que não estão acostumados e que tingiu de branco toda a cidade. Naquela época, a neve também ocorreu no Sul da Arábia Saudita, conforme informou a agência Russa Ria Novosti.
Segundo as autoridades, aquele foi o inverno mais frio dos últimos vinte anos. A capital Riad, situada sobre o Trópico de Câncer, levou varias noites registrando mínimas de 10 graus, muito próxima da mínima histórica de de 8 graus registrada em 1999. (Fontes: http://www.9news.com/news/article/243326/318/Storm-brings-snow-to-Sahara-Desert e http://www2.uol.com.br/JC/_2001/2407/in2407_7.htm)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.